Fecho de um ciclo – Inicio de uma nova etapa

Passados 4 anos de assumir funções de representante dos Oliveirenses na Assembleia Municipal, é chegada a hora de dar lugar a outros que certamente virão com outras ideias, outros projectos, outras vontades.

Tal como fiz até hoje deixo-vos aqui a minha ultima intervenção neste mandato 2009/2013. Sempre com o principio de prestação de contas aos eleitores.

Foi um privilégio servir Oliveira do Bairro.

>O Compromisso…~

Sr. Presidente da Assembleia Municipal

Srs Secretários

Executivo Municipal

Caros Colegas de Assembleia

Técnicos Camarários

Público

Comunicação Social

A todos muito Boa noite

 

As Deputadas e os Deputados Municipais, são eleitos directamente pelo voto popular. Têm por isso o dever de manter um contacto directo com o seu eleitorado, a fim de poderem desempenhar o mandato que lhes foi conferido de forma informada e informando as pessoas que representam.

Tentei proceder desta forma ao longo destes quatro anos. Hoje cá estamos em final de mandato e a 3 dias do início de um novo período de campanha.

Foi curioso que nestes quatros anos passámos por muito nesta sala, nesta Assembleia.

Ao entrar para esta casa em 2009 a expressão que mais me ficou no pensamento durante todo este tempo, foi a do Presidente cessante da Assembleia de então ”Tínhamos de ser Magnânimos”.

Realmente todo o tempo que percorremos juntos, tudo fizemos para tornarmo-nos magnânimos, pois foi de tal forma exigente que, na minha opinião, terá sido o período mais duro após o 25 de abril de 1974.

Destaco a Reforma Administrativa Autárquica e o processo dos Caulinos.

Penso que soubemos ser Elevados, Generosos, Benevolentes neste nosso compromisso com Oliveira do Bairro.

Mas Hoje, em final de ciclo assaltam-me algumas interrogações:

  • O que mudou?
  • O que aprendi?
  • Será que Oliveira do Bairro ganhou alguma coisa com o nosso trabalho?
  • Até que ponto me sinto co-responsável com o crescimento deste nosso concelho?

 

Avizinha-se a resposta dos nossos concidadãos a estas dúvidas e disso não podemos ter receio.

 

 

Sr. Presidente,

Caros amigos, (permitam-me que me dirija assim a todos vocês)

 

Apesar de estarmos no inicio desta que será a última assembleia deste mandato, gostava de confidenciar-vos que:

Sinto muito,

Pelas vezes que vos macei com algumas das minhas intervenções que nem sempre acrescentaram valor, mas acreditem que sempre o fiz com a melhor das intenções.

 

Sinto muito,

Não ter sido mais cauteloso nas propostas apresentadas para a acção social do nosso Concelho, área que foi das primeiras preocupações deste executivo.

 

Sinto muito,

Não ter sido mais expedito nas propostas apresentadas para a Educação, mas espero que não façam do ensino um cavalo de batalha politica porque é dele que depende o futuro dos nossos filhos.

 

 

Sinto muito,

Quando não consegui ser mais exigente na defesa do Ambiente que é tão rico em Oliveira do Bairro.

 

Sinto muito,

Não ter sido mais capaz de manter a configuração ancestral do nosso Concelho.

Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance e demos muito de nós próprios para irmos ao encontro da vontade das populações. Não foi o suficiente, bem sei…

 

Sinto muito,

Quando por vezes não fui tão assertivo quanto queria e não consegui explicar que onde muitos viam despesa, eu estava a ver investimento, inovação e crescimento!

 

Desde muito cedo sonhei ocupar este lugar nesta casa.

Pode-se até dizer que é um dos meus sonhos de menino.

Levo comigo alguns projectos a que não consegui dar asas….

Agradeço a todos aqueles que me permitiram esta oportunidade, este privilégio e não posso esquecer  aqueles que prematuramente nos deixaram.

 

As autárquicas estão aí e gostaria de pedir a todos aqueles que vão entrar em campanha, que não refutem um único argumento para fazer deste nosso Concelho um pedaço de território ainda mais agradável e onde as pessoas sintam felicidade em nele habitar.

 

Este é o momento de outros fazerem mais e melhor do que eu fiz e para alguns de vós que ficam, desejo-vos as maiores felicidades.

 

À Sandra, minha esposa, e aos meus filhos, gostaria de demonstrar-lhes a minha gratidão, pela forma como sempre me acompanharam e me libertaram, para poder exercer este mandato.

 

Agora é tempo de mais Família, para de algum modo compensá-los pela minha ausência nestes 4 anos. No entanto, não abdicarei da minha Cidadania, nem da minha responsabilidade na sociedade

 

SINTO MUITO…..SIM!

E continuarei a Sentir Muito e com Orgulho Oliveira do Bairro.

 

 

Disse,

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s